Lava de vulcão Kilauea ameaça rotas de saída do Havaí

Quinta-feira, 17 Mai, 2018

Uma enorme nuvem de fumaça vulcânica emanou nesta terça-feira do vulcão havaiano Kilauea, levando as autoridades a emitir um alerta vermelho para a aviação.

De acordo com as autoridades, o alerta vermelho significa que uma grande erupção está iminente ou em andamento e que as cinzas podem também afetar o tráfego aéreo.

Moradores próximos ao vulcão já estão preparados para deixarem suas casas a qualquer momento.

"Esta manhã, a atividade (do vulcão) está dominada por lava fluindo, explosões até uma altura de 30 metros e lava emergindo da fissura 17 no cabo nordeste do sistema de fissuras", indicou em um comunicado o Observatório Vulcanológico do Havaí.

Cerca de 2.000 pessoas foram evacuadas de áreas residenciais que se encontram no caminho das correntes de lava e devido às fumaças tóxicas, e as autoridades indicaram que provavelmente continuará havendo deslocamentos à medida que as fissuras avancem. Alertas foram enviados aos moradores para se protegerem dos altos níveis de dióxido de enxofre, um gás letal se inalado em grandes quantidades, e que tem se espalhado com o vento.

Desde que o vulcão Kilauea entrou em erupção também já foram registrados dezenas de tremores, incluindo alguns com magnitude acima de 5.

O vulcão está localizado no sudeste da ilha de Havaí, onde vivem cerca de 185.000 pessoas.

Acredita-se que mais fendas com lava se abrirão entre casas e campos cerca de 40 quilômetros ao leste do pico do Kilauea, possivelmente bloqueando a rodovia 132, uma das últimas rotas de fuga.