'Segundo Sol' entra no ritmo da Bahia em estreia

Quarta-feira, 16 Mai, 2018

A trama que substitui O Outro Lado do Paraíso traz João Emanuel Carneiro (de Avenida Brasil) como autor, além de um elenco estelar.

Beto se irrita ao ver Karola, mas desiste de mandar a ex-namorada embora ao saber de sua suposta gravidez. Será durante o encontro que os amantes ficam sabendo pela TV da notícia sobre a queda do avião que levava Beto em uma viagem e se comovem com a morte.

Karola e Remy argumentam que a falsa morte está sendo lucrativa, mas Beto não quer compactuar com a farsa.

A novela Segundo Sol mas estreou e já está provocando polêmica: a trama, que estreou nesta segunda (14) na TV Globo, se passa na Bahia, o estado brasileiro com a maior população negra do país, mas tem apenas três atores negros na primeira fase do folhetim. "Todo mundo vai achar que você inventou essa história de morte para se autopromover", endossa Karola. E até Vladimir Brichta.

Mãe superprotetora que só enxerga qualidades nos filhos, ela é mãe de Beto, Remy, Ionan (Armando Babaioff) e Clóvis (Luis Lobiando). As duas serão responsáveis pelo sofrimento na vida da protagonista. Depois de juntar um bom dinheiro, ele vai recomeçar a vida no exterior, mas promete voltar para se vingar de todos que o humilharam.

Embora seja irmão de pai e mãe de Roberval, ele foi registrado - com o consentimento de Zefa - como filho de Severo e Claudine (Cássia Kis), esposa do milionário que não podia engravidar. Desde o sumiço da mãe, foi criado pela tia Cacau (Fabíula Nascimento).

Ela é irmã de Luzia e saiu de Boiporã para tentar uma vida melhor e mais cosmopolita em Salvador. Edgar elogia Cacau. Roberval e Cacau se amam escondidos na despensa. E completou: "A Laureta precisa de luz, ela não tem paixão por treva". Porém, é convencida pelo amigo Groa (André Dias), seu confidente.