Asteroide passará próximo da Terra nesta terça-feira

Quarta-feira, 16 Mai, 2018

Em novembro de 2010, o observatório americano Catalina Sky Survey, da Universidade do Arizona, que faz parte do projeto da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) de investigação de objetos próximos à Terra (near-Earth object), identificou o asteroide 2010 WC9.

Os investigadores daquele organismo conseguiram acompanhar a sua trajectória até Dezembro de 2017, altura em que lhe perderam o rasto. Mas, na semana passada, após oito anos de "desaparecimento", voltaram a encontrá-lo, prevendo-se que passe próximo da Terra esta terça-feira à noite.

De acordo com os cálculos do Centro da NASA Para os Estudos de Objectos Próximos da Terra (CNEOs), o asteróide deve passar pelo nosso planeta a cerca de metade da distância até à Lua, na maior aproximação da Terra da sua trajectória.

"Há muitas aproximações de asteroides, a maioria são muito pequenos". E se não tiver um aparelho destes, pode seguir aqui o evento, na página do Northolt Branch Observatories em Londres.

O asteroide foi descoberto em 2010 por cientistas e recebeu o nome de 2010 WC9.

Apesar do tamanho, não será possível observar o 2010 WC9 sem um equipamento próprio.

O Observatório Northolt Branch irá transmitir ao vivo a passagem do asteroide através do Facebook, graças a imagens recolhidas pelo seu telescópio, e desde que o tempo colabore.