Lush Cosmetics fechará lojas no Brasil

Terça-feira, 15 Mai, 2018

Quatro anos após ter reiniciado suas atividades no Brasil, a empresa britânica de cosméticos de luxo Lush está fechando as portas de novo.

A nota afirma que encerrará completamente suas atividades no dia 20 de junho; já o atendimento ao cliente e as lojas virtuais seguem até o dia 31 de agosto. A empresa entrou no Brasil pela primeira vez em 1999 e, atualmente, está presente em 49 países, com 932 lojas físicas e 38 e-commerces. Na publicação, a marca informa que seu fechamento se deve ao "mercado difícil" do Brasil.

A Lush é conhecida por vender produtos "pelados", sem embalagem, e priorizar o uso de ingredientes vegetais frescos e orgânicos. Além disso, a empresa se considera "líder no combate ao excesso de embalagens na indústria de cosméticos". A empresária paulistana Sandra Isper Rocha foi a representante da marca por aqui.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio de milhões.

Mas os fundadores da marca quiseram assumir as operações da Lush fora da Inglaterra, incluindo no Brasil.

Não é a primeira vez que a companhia anuncia sua saída do país. Em 2014, a marca retornou no Brasil, abrindo lojas, e-commerce e fábrica, sob o comando dos fundadores britânicos. "Apesar do crescente aumento de vendas, depois de 4 anos enfrentando prejuízos, a alta carga tributária, a prolongada recessão econômica, somados à instabilidade política, tornaram impossível à Lush continuar investindo e lucrar no país", diz a companhia em nota. A empresa, porém, nega que o fechamento tenha ligação com o processo envolvendo a empresária Sandra Isper Rocha. O SPA também será encerrado. Ao todo, tinha 129 funcionários, sendo 44 na fábrica.