Facebook suspende 200 aplicativos por uso indevido de dados

Terça-feira, 15 Mai, 2018

Caso as investigações concluam que os aplicativos fizeram uso indevido dos dados, o Facebook diz que vai banir imediatamente os apps e também avisará aos usuários comprometidos na mesma página criada para informar quem teve informações acessadas pela Cambridge Analytica. "Temos equipas grandes de peritos internos e externos a trabalhar muito para investigar estas aplicações assim que possível".

Archibong acrescentou que, quando encontrarem "evidências de que esses ou outros aplicativos utilizaram dados incorretamente, nós os proibiremos e os notificaremos através deste site".

Segundo o Facebook, a suspensão temporária vai ser acomapnhada de uma investigação mais aprofundada para saber se os apps abusaram da capacidade de usar dados dos usuários.

O Facebook já mudou a sua política em 2014, por forma a limitar o acesso aos dados dos seus utilizadores, mas a empresa observou que algumas aplicações ainda tinham dados que tinham obtido antes dessa modificação.

A informação foi avançada à agência Reuters por um vice-presidente da empresa, que não identificou as aplicações suspensas e que explicou que a medida foi tomada enquanto o Facebook tenta apurar se de facto houve uso ilegítimo de dados.