Encapuzados invadem treino do Sporting e agridem jogadores e treinador

Terça-feira, 15 Mai, 2018

Após o encontro no Funchal, adeptos que acompanharam a equipa à Madeira manifestaram o seu desagrado junto do treinador e da equipa, chegando a registar-se tentativas de agressão a jogadores no aeroporto e insultos e protestos à chegada da comitiva a Lisboa e ao Estádio José Alvalade. Os adeptos passaram pelos jornalistas, ultrapassaram a barreira de segurança e entraram na Academia.

Recorde-se que cerca de 50 adeptos invadiram a Academia de Alcochete na tarde desta terça-feira, enquanto a equipa do Sporting se preparava para treinar. Segundo a RR, foram lançadas tochas que destruíram completamente o espaço. Jorge Jesus, Bas Dost e Misic foram agredidos.

Nas imagens, é possível ver que Bas Dost foi agredido três vezes na cabeça.

Ainda de acordo com o A Bola, os jogadores do Sporting já se recusaram a jogar a final da Taça de Portugal, que está marcada para o próximo domingo, contra o Aves.

Não podemos de forma alguma pactuar com atos de vandalismo e agressão a atletas, treinadores e staff do Futebol Profissional, nem com atitudes que configuram a prática de crime que em nada honram e enobrecem o Sporting Clube de Portugal.

Para Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, "temos de repudirar este acto", disse à CMTV, admitindo que alguns jogadores mostraram vontade de abandonar o clube.

Nas imediações da Academia decorre uma operação da GNR no sentido de tentar identificar e deter os invasores, sequestradores e agressores.