Fernando Gomes: "Perdões de dívida e juros são concorrência desleal"

Segunda-feira, 14 Mai, 2018

Esta segunda-feira, em declarações aos jornalistas, em conferência de imprensa na tribuna VIP do Estádio do Dragão, Fernando Gomes, administrador da SAD do FC Porto, esclareceu algumas questões relacionadas com o fair-play financeiro.

Questionado sobre se se referia às recentes notícias sobre um perdão fiscal ao Sporting, o administrador da SAD portista afirmou: "Seja do Benfica, do Sporting, seja de quem for, se as regras do mercado não são iguais para todos, há concorrência desleal". Mais ainda tendo em conta o momento em que o FC Porto se encontra, depois de ter sido campeão nacional. O FC Porto tem sido escrupuloso no cumprimento das suas obrigações financeiras respeitou, sempre as suas obrigações perante os investidores, a banca, nunca teve perdões de dívida, de juros, nem caminhos abertos e facilidades. O administrador da SAD portista responsável pela área financeira crê até que o emblema da Invicta vai "ultrapassar as metas acordadas com a UEFA".

"Não são os fundos internacionais nem nacionais, nem tão poucos os grandes investidores, que recorrem a esta solicitação do FC Porto perante o mercado", explicou Fernando Gomes, recordando que o ultimo empréstimo foi subscrito por cerca de quatro mil investidores, à média de nove a 10 mil euros. Por esse valor não sai de certeza absoluta.

"Significa que são as poupanças que estão aqui a apoiar o financiamento do FC Porto. Cumpriu sempre como bom pagador todas as suas obrigações para com a banca". Desde logo um investimento seguro e de boa razoabilidade em termos de taxa de juro face ao que o mercado oferece.

Na abordagem ao mercado, Fernando Gomes deixa uma explicação aos adeptos portistas. O administrador disse ainda que o clube irá cumprir os pressupostos do 'fair-play' financeiro acordado com a UEFA para esta época e que na próxima, dada a conjuntura favorável, já deverá deixar de estar sob a alçada do organismo.