Delegado da PF tem a casa invadida e é morto

Segunda-feira, 14 Mai, 2018

Os dois presos já têm passagens pela polícia por roubo e furto. Quando Mauro Sérgio desceu para tomar café da manhã foi surpreendido pelos bandidos.

Na troca de tiros, o delegado e mais um ladrão foram baleados.Policiais militares fizeram o cerco e conseguiram deter os ladrões. Eles pretendiam fazer um furto na residência, mas não encontraram nada de interesse. Ao menos um deles no peito.

O delegado Rodrigo Salgado informou que um dos criminosos usufruía do benefício de indulto pelo Dia das Mães. "Quando eles avistaram as viaturas, foram para os fundos, pulando para outras casas vizinhas".

No começo do mês, David Aragão, outro delegado da Polícia Federal, foi assassinado também durante assalto a sua residência. O seu estado de saúde, segundo o tenente da PM, é grave. Mauro Sérgio Sales Abdo, de 55 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Federal lamentou o caso em nota divulgada pela manhã. "A Polícia Federal manifesta seu pesar aos familiares, amigos e policiais federais e reafirma que continuará envidando todos esforços para contribuir com a solução deste crime, lutando diariamente pela construção de uma sociedade cada vez mais segura". "Em todo o País, cotidianamente, não bastassem os elevados índices de violência, policiais são abatidos por criminosos", diz a nota, acrescentando que aguarda que "medidas efetivas para garantir o direito constitucional à segurança pública sejam adotadas". O suspeito baleado também foi levado para um hospital. A ocorrência foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Roubos e Latrocínios.